Método para aprendizado de qualquer língua estrangeira


Sempre tive muita curiosidade por estudar outras línguas, sejam elas naturais, artificiais ou até já extintas. Apesar do grande interesse, nunca tive muita paciência e disposição para estudar, e sempre quando busco aprender alguma coisa, tento elaborar meus próprios métodos.
Pois bem, eu cá com meus botões, acabei pensando num método (que, nem sei se já pensaram antes ou se já existe, talvez) que pretendo desenvolver futuramente para auxiliar no aprendizado de outras línguas.
Confesso que meu interesse por outras línguas pode ser limitado apenas pelo fato de poder ler textos numa outra língua, ou seja, através desse método não espere sair falando fluente, ou nem escrevendo, ele visaria apenas a compreensão (até para traduzir seria meio complicado afirmar a possibilidade) geral dos textos.
Mas que finalidade teria? Ora! Imagine a quantidade de informações que existe na internet ou em livros escritos em alemão, russo, inglês. Quanto conteúdo que não está acessível a quem fala apenas português.
Certo, mas como seria esse método?
Bem, eu comecei a pensar qual seriam os pontos básicos de uma linguagem, e que possibilitem uma interpretação básica do texto. A primeira coisa que me veio à cabeça foram os pronomes! Sim, mas isso se aprende em qualquer lugar. Certo… mas isso é só o começo. Imagine que se você apenas conhecer os pronomes, você já tem uma idéia de quem é que está falando na frase. Já é uma base.
Certo, então viriam as outras partículas, como preposições, artigos, advérbios, etc. Até então nada de substantivos, verbos, adjetivos. Porque? Porque esse método propõe adquirir uma visão geral do texto, baseada no sentido. Acredito que os substantivos, verbos e pronomes podem vir a ser aprendidos com o contexto, com as semelhanças com sua língua materna, com um dicionário, etc.
Como todas as línguas possuem esses elementos básicos (pronomes, artigos, etc), se o estudo fosse focado nisso, boa parte de um enunciado pode ser entendido através deles. Claro que saber o que significam os substantivos e verbos é algo essencial, mas que pode ser adquirido com um tempo, com a pesquisa.
Para início de estudo, também proponho uma técnica de cores. Se cada tipo de verbete fosse dotado de uma cor, como por exemplo, os pronomes serem vermelhos, os substantivos serem azuis, os verbos pretos, facilitaria bastante o entendimento (confesso que peguei essa idéia de alguns programas de programação para linguagens de computador).
Tive também, a partir daí, a idéia de construir uma página na internet que fizesse todo esse trabalho, de “coloração” das partículas. Na verdade o método seria todo dependente da internet, e a fonte de textos seria a internet, que, julgo eu, permitiria até a fluência na linguagem, considerando essa fluência apenas na leitura e escrita (futuramente, também a partir de salas de bate-papo).
Volto a ressaltar que esse método não visa a fluência na fala, mas apenas como base para um entendimento geral de textos em outras línguas.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: